O que esperar da cirurgia de catarata?

Ophthalmology

A catarata é a opacificação do cristalino, a lente natural do olho, que gradualmente perde a sua transparência normal com a idade. No início, o sintoma mais comum é reação à luz, causando um grande incômodo na visão quando a pessoa é exposta ao sol ou à luz dos faróis dos veículos à noite. Como o cristalino torna-se turvo, a visão fica desfocada. O olho pode eventualmente tornar-se completamente cego, a menos que a cirurgia de catarata seja realizada. Para esclarecer como a cirurgia de catarata é feita atualmente, o oftalmologista Virgílio Centurion (CRM-SP 13.454), diretor do IMO, Instituto de Moléstias Oculares, membro da ALACCSA, (Associação Latino-Americana de Cirurgiões de Córnea, Catarata e Cirurgias Refrativas) e autor do Blog da Catarata, lista dúvidas muito comuns sobre o procedimento.

01) A cirurgia de catarata mudou muito ao longo do tempo?

Virgílio Centurion – Tremendamente. Nos primórdios da cirurgia de catarata, a única coisa que o cirurgião podia fazer pelo paciente era remover o cristalino opaco. E a ausência da lente era suprida pelos famosos óculos “fundo de garrafa”, com lentes muito grossas. A mudança mais importante neste sentido foi o desenvolvimento e a melhoria das lentes de reposição artificial do cristalino. As novas lentes intraoculares (LIO) são inseridas dentro do olho para substituir o cristalino opaco que foi removido. Além das novas lentes, as técnicas cirúrgicas que usamos, hoje, para remover a catarata também evoluíram muito. Agora, realizamos a facoemulsificação, que é na verdade uma microcirurgia, onde o cirurgião utiliza um microscópio e opera através de uma pequena incisão, que normalmente é tão pequena que não requer sutura e não há sangramento.

02) O que mudou em relação às lentes intraoculares?

Virgílio Centurion – As lentes intraoculares que usamos hoje são flexíveis, para que possamos dobrá-las e inseri-las através da pequena incisão cirúrgica. Assim como as lentes de contato, as lentes intraoculares apresentam-se sob as mais diversas formas. Cabe ao cirurgião indicar a melhor lente a ser implantada para cada indivíduo, de modo que o paciente não necessite mais usar óculos após a cirurgia. Ao contrário das lentes de contato, as lentes intraoculares não podem ser retiradas pelo paciente. Elas são permanentes e não precisam ser limpas ou substituídas. São biologicamente inertes, ou seja, não provocam reação de corpo estranho dentro do olho.

03) A cirurgia de catarata é dolorosa? 

Virgílio Centurion – Não. A maioria das cirurgias de catarata é feita usando colírios anestésicos para anestesiar o olho, ao invés de uma injeção de anestésico. Como a maioria das pessoas não gosta da ideia de alguém mexendo nos seus olhos, os pacientes se sentem mais relaxados durante o procedimento graças a um sedativo. Assim, os pacientes não vêem a cirurgia enquanto ela é realizada, o que se percebe, às vezes, são apenas luzes e cores do centro cirúrgico. Nós usamos um dispositivo de mola para segurar delicadamente as pálpebras abertas, assim o paciente não precisa se preocupar em não piscar.

04) Quanto tempo geralmente demora a cirurgia de catarata?

Virgílio Centurion – Algo em torno de 30 minutos, do início ao fim, para a maioria dos pacientes.

05) E como é o pós-operatório?

Virgílio Centurion – A maioria dos pacientes pode ver bem o suficiente para caminhar e cuidar de si quase que imediatamente após a operação. Os pacientes geralmente usam colírios – antibióticos para prevenir infecção e anti-inflamatórios para acelerar a recuperação – por várias semanas após o procedimento. Inicialmente, a visão é borrada, mas geralmente melhora muito até o final da primeira semana. Como não operamos ambos os olhos ao mesmo tempo, quase todo mundo pode ver bem o suficiente para cuidar de si mesmo e para retomar a maioria de suas atividades normais, no pós-operatório. As restrições do passado, não são mais aplicáveis à moderna cirurgia de catarata, que conta com uma incisão muito pequena. As pessoas podem até voltar a trabalhar quase que imediatamente.

06) Como a catarata se forma gradualmente, como decidir quando ela deve ser removida?

Virgílio Centurion – Não há nenhuma maneira de prevenir ou reverter a catarata com medicamentos, e à medida que a doença progride, o único tratamento é a remoção cirúrgica. Se a taxa de perda de visão for acelerada ou se a catarata começa a prejudicar a execução de atividades importantes, como dirigir ou ler letras pequenas, a maioria dos pacientes concordará com o cirurgião que o problema precisa ser corrigido imediatamente.

07) As novas lentes intraoculares, além de corrigirem a catarata, podem corrigir também problemas de visão, como os vícios de refração. Isso significa que elas podem acabar definitivamente com a necessidade do uso de óculos ou lentes de contato após a cirurgia?

Virgílio Centurion – Sim. Para muitas pessoas, após a cirurgia de catarata, a lente intraocular irá proporcionar uma boa visão de longe sem óculos. Este é um bônus para pacientes com catarata que anteriormente usavam óculos de grau para assistir TV ou para ver o outro lado da sala. Se o paciente quiser também corrigir a visão de perto, para ler sem óculos, por exemplo, a cirurgia de catarata também pode ser útil, o que muda, neste caso, é o tipo de lente intraocular que será implantado, uma lente multifocal. Estas lentes têm o funcionamento totalmente diferente dos óculos bifocais, proporcionando ao cérebro a capacidade de encontrar automaticamente o foco correto. O importante é saber o desejo do paciente e realizar um exame minucioso para saber qual a melhor indicação de lente intraocular para cada caso.

08) Há ocasiões em que a cirurgia de catarata não pode ser realizada?

Virgílio Centurion – Se o paciente tem outras doenças oculares, como degeneração macular ou glaucoma, a decisão de fazer ou não a cirurgia de catarata pode ser um pouco mais complicada. Mesmo assim, o paciente pode se submeter à cirurgia, sabendo que a cirurgia de catarata não vai resolver os outros problemas. Alguns problemas de retina podem impedir o paciente de obter os benefícios do implante de uma lente multifocal. Mas ainda assim, a substituição do cristalino turvo por uma lente intraocular convencional irá pelo menos melhorar o grau de visão deste paciente.

09) A catarata pode ser evitada?

Virgílio Centurion – Não, só se pudéssemos atrasar o início do envelhecimento, o que não é possível. O envelhecimento é a principal causa do aparecimento da catarata. Existem muitos estudos que visam determinar se os antioxidantes podem retardar a progressão das doenças oculares, incluindo a catarata, mas até agora não temos nada conclusivo neste sentido. O que pode ser prevenido é a perda de visão grave provocada pela catarata em um número significativo de pessoas em todo o mundo. A incidência de catarata também é maior em fumantes, assim, parar de fumar é uma boa medida preventiva.

10) Por que a catarata permanece como a principal causa de cegueira em todo o mundo?

Virgílio Centurion – Porque a cirurgia de catarata ainda não está amplamente disponível na maioria dos países em desenvolvimento. E a cada ano, mais de um milhão de pessoas ficam cegas devido à catarata porque elas não têm acesso à cirurgia restauradora da visão. Muitos oftalmologistas e ONGs em todo o mundo estão trabalhando no sentido de disponibilizar a cirurgia de catarata mais amplamente por meio de diversos projetos sociais.

6 comentários Adicione o seu

  1. celso matheus disse:

    Fiz cirurgia de catarata ha 40 dias, somente do olho direito.Foi implantada uma LIO multifocal
    +22.0 D com adição de +4 D. Para uma bôa visão houve a necessidade de óculos +0,75 para longe e + 3 p perto, óculos separados. A visão intermediária ficou excelente.
    Perguntas:
    1) Realizando a cirurgia do olho esquerdo( +2,75 longe e 5,75 perto, oculos separados) vai melhorar a visão que tenho sem óculos?
    2) Acredito que foi erro de cálculo p a potencia da lente.Se não qual outro motivo(cicatrização)?
    3) É mito ou verdade, se utilizar óculos +0,75 p longe nesta vista cirurgiada, terei que utilizar oculos p sempre( adaptação neurologica).

    Curtir

    1. Sr. Celso Matheus,

      Você deve procurar uma segunda opinião com um cirurgião de catarata que irá:

      1º) Conferir o grau residual.

      2º) Recalcular o olho esquerdo.

      3º) Caso seja necessário utilizar óculos, o grau não é progressivo. O grau que sobrou pode ser corrigido com cirurgia refrativa a laser.

      4º) Quem trabalha com lente multifocal não aguarda muito tempo para realizar a cirurgia no segundo olho; geralmente uma semana é suficiente.

      Cordialmente,
      Dr. Virgilio Centurion

      Curtir

  2. Alba Rejane disse:

    Tenho 48 anos e fui diagnosticada com catarata senil nuclear e astgmatismo.Fiz a cirurgia com fetmolaser ha 40 dias,a lente usada foi a trifocal.So consigo ver de perto,minha visão pra longe ficou comprometida,vejo tudo borrado…

    Curtir

    1. Sra. Alba Rejane,

      1º) Conversar com seu médico para ter a explicação correta. Pode ser que tenha sobrado grau e que seja necessário a sua correção posterior.

      2º) Sempre é bom ter uma segunda opinião profissional.

      Atenciosamente,
      Dr. Virgilio Centurion

      Curtir

  3. Lucienne disse:

    Fiz cirurgia de catarata há 10 meses e ainda vejo reflexos com luz elétrica noturna, com isso à noite, quando caminho, perco a noção de profundidade. Gostaria de saber se isso irá passar. Ainda sou jovem e estou evitando de sair à noite.

    Curtir

    1. Sra. Lucienne,

      Necessita ter o diagnóstico correto da causa da “visão de reflexo ou luz elétrica”. Falta de correção da visão com óculos? Opacificação da cápsula posterior, por detrás da lente? Problema com a pupila? Que tipo e modelo de lente?

      Deve escutar uma segunda opinião, pois a sua queixa não é comum em pós operados de catarata.

      Cordialmente,
      Virgilio Centurion

      Curtir

Registre suas dúvidas ou comentários...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s