Problemas com o implante das lentes intraoculares

bannerFull_1025_73053YMS3709A_0192_Ophthalmology

Um implante de lente intraocular pode ser substituído quando o paciente não consegue se acostumar com as lentes?

Hoje, durante as cirurgias de catarata, uma das lentes intraoculares (LIOs) mais comumente implantadas são as multifocais. As LIOs multifocais são projetadas para oferecer ao olho humano o múltiplo foco, ou seja, ao ver um objeto distante, o cérebro escolhe os pontos de foco que fazem nítida aquela imagem. Ao visualizar um objeto mais próximo, o cérebro escolhe os pontos de foco nas proximidades da imagem, daí, o termo multifocal porque ambas as imagens são formadas simultaneamente, com base no foco.  Sim, uma IOL pode ser removida, reposicionada e / ou trocada. Removendo uma lente implantada não acarreta num risco significativamente maior de potenciais complicações do que a cirurgia inicial para implantar a LIO. Para remover uma LIO, temos que ter certeza que esta remoção beneficiará o paciente.

86 comentários Adicione o seu

  1. Marlea Armani disse:

    Ei Doutor,bom dia.
    Tenho 42 anos e fiz uma cirurgia de catarata na qual foi implantada uma lente multifocal importada symfony. Só que estou com 26 dias de cirurgia e não tenho nitidez para longe e vejo halos na luz. É normal?

    Curtir

    1. Prezada Marlea Armani,

      A cirurgia foi realizada num olho somente? Ou em ambos os olhos?

      A nitidez somente com o tempo, porém às vezes é necessário corrigir com óculos graus pequenos de 0.50 a 0.75 dioptrias a fim de obter uma visão mais nítida.

      Cordialmente,
      Virgilio Centurion

      Curtir

  2. Salete disse:

    Estou com 55 anos, posso fazer a cirurgia para implante de lente multifocal? Ou devo esperar os 60 anos?

    Curtir

    1. Prezada Salete,

      Necessito de mais informações para opinar. Porém, acima de “50 anos” é a idade ideal para realizar a cirurgia de implante de lente intraocular.

      Depende dos problemas refrativos que você tenha.

      Atenciosamente,
      Dr. Virgilio Centurion

      Curtir

  3. Vitor Almeida disse:

    Boa tarde Dr. Virgílio, a minha mãe tem 95 anos e foi operada em 2007 à vista esq. e em 2008 à vista direita. Colocou lentes intraoculares e óculos graduados. Agora, partiu os óculos e numa consulta com um oculista para compra de outros, recomendaram um oftalmologista para limpeza das lentes a lazer. Gostava de saber qual o procedimento dessa limpeza. Obrigado

    Curtir

    1. Prezado Vitor,

      Ao retirar a catarata a lente intraocular é implantada no saco capsular, que é uma membrana que recobre todo o cristalino. Com o tempo esta membrana pode opacificar ou perder a transparência, o que prejudica a visão.

      O tratamento consiste em aplicar o Nd:Yag Laser; procedimento não invasivo, de ambulatório e sem dor, que tem resultados visuais muito bons.

      Vamos enviar para o seu email um folheto explicativo, que aqui no IMO, entregamos aos nosso pacientes:

      Cordialmente,
      Virgilio Centurion

      Curtir

      1. Luciene Maria disse:

        Bom dia Dr. Virgilio,

        Eu novamente.
        O médico errou novamente o grau da IOS.
        Recapitulando o meu caso.
        Sou alto miope, havia feito cheratomilaser no Brasril em 1995, fiz catarata aqui na Itália.
        O médico errou o primeiro calculo da IOS, depois tive a segunda cirurgia que foi a remoção da lente. e depois de um mês ele implantou outra lente de grau errado e não encaixou direito na capsula. Minha acuidade visual caiu e tenho uma visão prismática, mas não uso lente para essa correção.
        E para piorar, ele me fez uma terapia durante 3 meses com um colirio de corticoide, dizendo que era para retirar uma opacidade anterior, mas o asistente dele disse que o colirio servia para superfície. FLUATON.
        Ele é cirurgião de trasplante de cornea e ficou nítido que a intenção dele é fazer um transplante em mim.
        Agora a minha cornea está mais fina ainda, com uma lente de grau errado e colocação errada.
        Tem jeito de eu melhorar o estado da minha cornea para consertar todos esses erros sem fazer um transplante?
        Leio muito sobre vitamina B2 + laser.
        infelizmente eu peguei um médico curioso que me usou como cobaia.
        Pena que estou tão distante e sem condições de tratamento privado.
        Me aconselha?
        Muito obrigada de coração.

        Curtir

      2. Prezada Luciene,

        1º) Nos olhos submetidos a keratomileusis por alta miopia há dificuldade para o cálculo da lente.

        2º) O foco neste momento é o segundo implante com problema na localização e no cálculo do grau, sendo que será a terceira cirurgia, o que necessita de uma estratégia correta porque o índice de complicações pode aumentar.

        Se possível, ouça uma segunda opinião com especialista. Sugiro:

        – Dr. Matteo Piovella – em Monza
        Via Gaetano Donizetti, 24
        Tel. +39 039 389498
        http://piovella.com/

        – Dr. Luca Gualdi – em Roma
        Via Filippo Civinini, 111
        Tel.: +39 06 808 4256
        https://www.gualdi.it/

        – Dr. Roberto Bellucci – em Verona
        Complexo Gasparo, Piazza Leonardo da Vinci 9
        Tel. +39 45 0365 43678
        http://www.rbellucci.it/

        – Dr. Lucio Burratto – em Milão
        Piazza della Repubblica, 21
        Tel. +39 02 636 1191
        http://www.buratto.com/

        O colírio que você utilizou não “afina a córnea”.

        Cordialmente,
        Virgilio Centurion

        Curtir

  4. marta disse:

    Desculpa , mas completando meu comentário gostaria se saber se muitas sessões de laser não afetará a qualidade da visão da minha mãe, pois desde que voltou de Curitiba tem reclamado que parece que a visão piorou ou se após o implante ficará bem?

    Curtir

    1. Prezada Marta,

      Vejamos se entendi corretamente:

      1) Olho esquerdo operado de catarata com lente que corrige astigmatismo – aqui tudo ok.

      2) Olho direito operou de catarata, porém a presenta:
      a. Astigmatismo
      b. Tem um problema que se chama de opacificação da cápsula posterior; ou seja, tem problema de falta de transparência detrás da lente e deve ser corrigido com aplicação de Nd:Yag Laser que é um tratamento ambulatorial, não invasivo, geralmente numa sessão única, e que retirando esta opacificação se verá da possibilidade de corrigir o astigmatismo.
      A correção do astigmatismo do olho direito pode ser feita com lente intraocular multifocal, que dará ao paciente maior qualidade de vida, pois irá melhorar a visão de longe e também de perto do olho direito.

      Cordialmente,
      Virgilio Centurion

      Curtir

  5. marta disse:

    boa noite! minha está com astigmatismo no olho direto e nesse mesmo olho usa uma lente monofocal, já, há muito tempo após correção de catarata; ano passado eu levei-a para corrigir o olho esquerdo de uma catarata com astigmatismo, foi implantada uma lente model zmt400 de 13mm por 6mm, diopter:+23.5+4d se4.00d cyl . Nesse ano a levei para corrigir o olho direito, depois de vários exames a oftalmologista, disse que é possível implantarmos uma lente sobre a outra sendo esta uma multifocal tórica, para minha mãe não precisar usar óculos, pois ela não quer ter que usá-los mais, no entanto, no início do mês ela disse que o melhor a se fazer seria a minha mãe passar por uma sessão de lazer em Curitiba, pois o aparelho de lá é mais moderno e traria um efeito mais seguro na qualidade da limpeza, para depois realizar o implante da lente, mas hoje, na consulta de retorno voltou a dizer que é necessário uma nova limpeza da lente antiga em maio deste ano, antes da cirurgia de implante, com uma yag laser . gostaria de saber se este procedimento está correto. Minha mãe tem 83 anos, mas goza de perfeita saude, seus exames clínicos e oftálmicos se mostraram ótimos e sua córnea é bem preservada segundo a fala da profissional. Gostaria se saber se esses procedimentos estão corretos ou se ela está tentando, ganhar tempo ou ver se melhora com o laser para por uma lente de menor custo já que eu deixei ( por exigência dela) pago antecipado desde janeiro deste ano?

    Curtir

  6. Dalton disse:

    Recebi um diagnóstico de “lente da catarata descentralizada” no olho direito e como a 6 anos operei esse olho 2 vezes de descolamento de retina o médico não quer mexer. Acontece que quando a lente descentraliza, (o problema vai e volta, ou seja ela sai do lugar mas depois de dias volta), me atrapalha sobrmaneira pois vejo tudo embaçado com esse olho além de sentir como se estivesse com ciscos na vista. O que me aconselha Dr? Muito Obrigado.

    Curtir

    1. Prezado Sr. Dalton,

      Devemos considerar, pelo seu relato, que o senhor tem um olho normal e outro que já foi operado de catarata (?!) e que agora está com a lente descentrada (parece que já aconteceu mas de uma vez, correto?). Isto deve ser avaliado com expert em cirurgia de catarata, pois a lente descentrada tem várias possíveis soluções.

      Não há relação entre a lente ou catarata (?) descentralizada e descolamento de retina.

      É um olho “complicado”, mas existem possíveis soluções para a descentralização.

      Consulte um especialista em cirurgia de catarata. Sorte!

      Cordialmente,
      Virgilio Centurion

      Curtir

  7. Cleusa lima disse:

    Dr. Virgílio fiz uma cirurgia de catarata em um olho com lente multifocal abbott ha 2 meses e não tenho visão intermediaria está tudo misturado e não tem muita nitidez pra longe o que fazer pra melhorar e como posso compensar na outra vista.

    Curtir

    1. Prezada Sra. Cleusa,

      Com certeza é necessário escutar o próprio cirurgião ou uma segunda opinião. Por que? Porque a lente multifocal Abbott é muito boa. A causa mais frequente é o que se conhece como refração residual, ou seja, pode ser necessário a prescrição de óculos de grau para dar mais nitidez à visão. Caso o paciente não aceite a sugestão, poderá ser indicado um procedimento refrativo com laser para tentar resolver o problema da qualidade da visão.

      Cordialmente,
      Virgilio Centurion

      Curtir

  8. Luciene Maria disse:

    Olá Dr. Virgílio Centurion .
    Sou alto míope e fiz catarata no OD há 3 anos com implante de lente Abbott e vejo reflexo na luz elétrica noturna, inicialmente halos.
    No OE em 1995 fiz cheratomilaser, um grande trauma para mim e meu olho, é anteontem fiz nesse olho cirurgia de catarata com um erro de -9 graus (lente alcon UV)
    Gostaria de saber hå a possibilidade da remoção dessa lente, jå que a graduação correta seria de 0 grau. E se eu poderia também trocar a lente do OD para uma lente que não dê esse reflexo. Quais os riscos, se tem…
    Muito obrigada e contente por ver suas orientações.

    Curtir

    1. Luciene Maria disse:

      Tive a consulta de controle nesta terça feira e verificou -se que estou com 9 positivo. O erro é grande e percebo que estão confusos. O assistente diz que a lente a implantar é de zero grau e o cirurgião disse que será de 18 positivo.
      Ele ficou de me operar hoje e não veio tendo uma boa desculpa. Adiou para a próxima semana. Eu cheguei a conclusão que eles estão confusos. O que fazer?

      Curtir

      1. Prezada Sra. Luciene Maria,

        O melhor conselho é ouvir a opinião de um segundo cirurgião de catarata. Esses números não significam muito, pois você deve repetir o exame do cálculo da lente (biometria óptica) em ambos os olhos para poder resolver esta situação, que na minha opinião não deve demorar.

        Cordialmente,
        Virgilio Centurion

        Curtir

      2. Prezada Sra. Luciene Maria,

        O seu caso é complexo porém tem solução, não desanime.

        1º) Olho direito: avaliação da possibilidade da troca da lente, devido aos fenômenos com a luz. É possível e às vezes até necessário.

        2º) Olho esquerdo: cirurgia prévia na córnea e agora após cirurgia de catarata, um grau elevado de miopia. Tem que realizar os exames pré-operatórios, em especial a biometria óptica para cálculo das lentes.

        Consultar um segundo especialista em cirurgia de catarata é fundamental antes de tomar uma atitude.

        Não demore. Sorte!

        Cordialmente,
        Virgilio Centurion

        Curtir

  9. Marilda Conceição Fernandes da Silva disse:

    Boa Tarde Dr Virgílio
    Estava na fila para operar catarata e no dia 01 de agosto de 2018 irei fazê-la.; através do AME de SALTO-SP
    Estou com muitas dúvidas com relação a lente que será implantada. É impossível obter informação a respeito, pois no telefone do AME não sabem informar.Entrei em contato com o SUS e informaram que a lente é nacional.Existe algum problema com relação a essa lente nacional?.Tenho conhecidos que fizeram através de Plano medico e os oftalmologistas aconselharam a lente importada.Tenho astigmatismo,miopia ,blefarite e presbiopia.Tenho 62 anos.Poderia por gentileza esclarecer se poderei ter algum problema com a lente nacional, durante ou após o procedimento.Num eventual problema poderei trocá-la?
    Antecipadamente agradeço sua atenção
    MARILDA

    Curtir

    1. Prezada Sra. Marilda,

      As lentes intraoculares implantadas no Brasil devem ter aprovação da ANVISA, sejam nacionais ou importadas.

      Por tanto, não há problema em relação à lente nacional. O que se poderia discutir é o desenho das lentes onde as importadas oferecem a correção do astigmatismo e também da visão de perto. Como estas correções não são consideradas doenças, normalmente o paciente deve arcar com as despesas correspondentes.

      Não deve ter receio da lente nacional e não acredito que ela seja responsável por complicações específicas relacionadas às lentes.

      Cordialmente,
      Dr. Virgilio Centurion

      Curtir

  10. mariasusie disse:

    Dr. Virgílio, Moro em Rondônia e fiz cirurgia de catarata (lente trifocal acrysol) em 16 de fevereiro, dia 30 de março o olho estava irritado, dolorido e muito vermelho (medicação já tinha acabado), fui encaminhada à um retinologo que falou que eu tinha uma inflamação e administrou Vigadexa, não teve melhora então foi passado vigadexa e predfort. Aparentemente o olho estava respondendo positivamente à medicação, como eu tinha viagem programada para maio o medico liberou, mas a inflamação se transformou em uma infecção crônica, dia 24/05 em Natal/RN foi feita injeção de vancomicina e ceftazidima até unimed liberar a vitrectomia pars plana, que foi feita em 01/06 e aplicação de vancomicina e ceftazidima, com cultura do primeiro aspirado que foi positiva para staphilococos epidermidis, sendo evidenciado a presença de leveduras. Porém não havia sido solicitado cultura especifica para fungos. Evoluiu com piora do quadro infeccioso, sendo aplicado novas injeções de vancomicina e ceftazidima em 05/06, mesmo assim teve piora e em 13/06 passei pela 2ª vitrectomia pars plana com injeção de vanco, vancomicina, ceftazidima e anfotericina B, desta vez feita cultura para fungos que evidenciou crescimento de cândida albicans. Após 15 dias tive piora e foi realizada em 27/06 nova injeção de vanco, ceftazidima e anfotericina B. No período em Natal a medicação foi Predfort, Zimar e Atropina. Hoje minha visão ainda está embaçada e com pontos pretos que hora aparecem, hora desaparecem. No ultimo exame medico a visão era de 20/40. Hoje estou de volta em Rondônia e os médicos falam tirar a lente e o saco capsular e que não poderei colocar outra lente intraocular. A medicação hoje no desmame do Predfort 4 em 4 horas e atropina de 12 em 12 horas. O senhor poderia me ajudar? Estou pensando em viajar em busca da cura de minha visão.

    Curtir

    1. Prezada Sra. Maria Susie,

      Infecção crônica com relação ao saco capsular, o correto é a retirada da lente (explante) e do saco capsular. O olho deve ficar com grau elevado que poderá ser corrigido com lentes de contato e se não houver sequelas que impeçam outra cirurgia, quando se poderá implantar uma lente com fixação escleral, que pode recuperar grande parte da visão.

      Cordialmente,
      Dr. Virgilio Centurion

      Curtir

  11. Fátima Bárbaro disse:

    Dr Virgílio, tenho 61 anos , gostaria de ficar livre dos óculos. Tenho hipermetropia, 2.2D de astigmatismo no direito e esquerdo e presbiopia. Fui em dois especialistas, um indicou a lente intraocular trifocal torica AcrySofIQ PanOptix, porém o outro disse que a melhor é a multifocal torica. Estou sem saber, pois já estou com catarata. Obrigada

    Curtir

    1. Prezada Fátima,

      Em casos de catarata com hipermetropia, astigmatismo e presbiopia, os melhores resultados, atualmente, são conseguidos com as lentes trifocais, uma das quais é a PanOptix …, que seria a de minha preferência pessoal.

      Cordialmente,
      Dr. Virgilio Centurion

      Curtir

  12. Leandro Campos disse:

    Boa noite Dr.
    Tenho 35 anos e sou alto míope. Tenho 16 graus OD e 11 OE com 4 de astigmatismo. Uso lentes de contato rígidas há 20 anos e te confesso não aguentar mais as mesmas.
    Estou prestes a fazer uma cirurgia para implantes de LIO de câmara anterior. Meus exames oftalmológicos pré-operatórios estão normais.

    Terei acuidade visual normal?
    Existe algum efeito colateral a médio e longo prazo em relação ao implante?
    Sou jovem ativo, pratico esportes, futebol e etc… poderei continuar?
    Qual o tempo de recuperação dessa cirurgia?
    Normalmente, qto tempo após a cirurgia a visão fica normal?
    Desde já agradeço e parabéns pelo trabalho.
    Att. Leandro Campos

    Curtir

    1. Prezado Leandro,

      Para correção da alta miopia associada ao astigmatismo, em indivíduos abaixo de 40 anos a melhor opção é o implante de lente intraocular que pode ser de câmara anterior ou de câmara posterior, dependendo do caso e da preferência do médico.

      1) A acuidade visual será normal se houver correção total da miopia e do astigmatismo.

      2) Efeitos colaterais de qualquer cirurgia devem ser discutidos com o cirurgião responsável; desde infecção, inflamação, aumento de pressão intraocular, aparecimento de catarata, …

      3) Nada impede a prática de esportes; dependendo do esporte tem que ter orientação do médico responsável.

      4) Tempo de recuperação total, “4 semanas”, porém a cirurgia será realizada em ambos os olhos com tempo de intervalo que varia de 7 dias a 4 semanas, depende da recuperação da primeira cirurgia.

      5) A visão fica próximo do normal em +/- 7 dias.

      Finalmente, acho que todas estas dúvidas devem ser discutidas com o cirurgião responsável, pois a orientação das condutas, efeitos colaterais numa pessoa jovem devem ser muito bem esclarecidos.

      Cordialmente,
      Dr. Virgilio Centurion

      Curtir

  13. Charles Z. Macharotto disse:

    Boa tarde Dr. desde já agradeço a ajuda se possível.
    Fiz uma cirurgia de catarata, ha 15 dias, foi implantada uma lente trifocal da zeiss,a visão de perto e meia distância está razoável ,porém para longe está horrível,embaçada com halos e desfocada,foi implantada só no olho direito.É normal isso?

    Curtir

    1. Prezado Charles,

      Não é normal.

      Possíveis causas:
      1. Sobrou algum grau para longe, que poderá ou não melhorar com o tempo. Converse com o seu médico e veja se é necessário alguma correção com óculos, temporária.
      2. Às vezes a capsula posterior não está muito transparente e será necessário aplicação de laser, porém o correto é aguardar +/- 60 dias.

      Atenciosamente,
      Dr. Virgilio Centurion

      Curtir

  14. claudio alves maciel disse:

    Boa tarde doutor, estou com uma dúvida cruel, minha mãe fará cirurgia de catarata pelo CEMA dia 5 de setembro, o oftalmo dela nos deu 3 opções de lentes.
    A lente paga pelo convênio MA60AC – monofocal esférica, ou as pagas por nós que são as ZCB – monofocal asférica, e por último PANOPTIX – trifocal …
    Até aí tudo bem, ele nos deu 2 dias para escolhermos qual lente será comprado, e tbm nos deu as seguintes explicações, todas são boas, mas… a 1ª e a 2ª não eliminariam os óculos para perto, porém, dariam mais nitidez às imagens, já a última TRIFOCAL seria ótima, apesar de mais cara, porém, apesar de eliminar totalmente os óculos, não daria nitidez às imagens, nem clareza nas cores, e pior os “problemas” não poderão ser corrigidos com novos óculos, e tbm, deverá usar a mesma lente nos dois olhos, mesmo que com “problemas”, enfim, minha mãe ouviu e agora não sabe qual comprar, ela quer muito eliminar os óculos, mas ter visão boa.
    O que é sabido desta lente trifocal? e o senhor poderia sugerir alguma leitura ou falar sobre experiências com pacientes que podem ter usado esta lente no brasil?

    Curtir

    1. Prezado Claudio,

      O que é sabido da LIO trifocal? É a melhor lente intraocular para corrigir a visão para longe, média distância e perto. Experiência global entre os experts.

      É indicada em olhos “perfeitos”, sem nenhum problema associado à catarata. Os resultados são ótimos e os efeitos colaterais praticamente não existem e o índice de satisfação é muito grande entre os pacientes operados e com esta tecnologia. É evidente que quem está utilizando deva ter experiência para indicar ou contraindicar.

      Atenciosamente,
      Dr. Virgilio Centurion

      Curtir

  15. Rogerio Campos de Souza disse:

    Boa Tarde,
    Fui diagnosticado com catarata subcapsular posterior causada por uso de corticóides. Pensando em uma intervenção cirúrgica(lentre intra ocular), porém, com minha idade de 35 anos. Existe algum risco em fazer esse procedimento dessa forma precoce? Tipo, essa lente intra ocular tem validade no organismo, podendo causar alguma rejeição futura? Se sim, pode fazer uma nova intervenção cirúrgica na mesma vista?
    Obrigado,
    Rogério

    Curtir

    1. Prezado Rogerio,

      Catarata, com 35 anos, por corticoide. Quem disse que é precoce? O que é precoce para você?

      Se for pela idade …,?

      Se for pela doença, quanto mais “precoce” você operar, melhor deve ser o resultado.

      As lentes são confeccionadas com material “biologicamente inerte”, não provocam reação nem rejeição. As lentes são colocadas em crianças, geralmente acima de 2 anos, para toda a vida!!

      Discuta com o seu médico. Ouça uma segunda opinião. Marque a cirurgia!!

      Atenciosamente,
      Dr. Virgilio Centurion

      Curtir

  16. Gabriel Costa Silva disse:

    Bom dia.

    Tenho 17 anos e devido uns remédios para corticoide eu tenho catarata. Fiz cirurgia e implantei uma lente importada multifocal. Um mês depois não estava nítido as imagens, o médico aconselhou passar um laser no olho para melhorar,e, mesmo assim não melhorou nada. Sabe me dizer o que pode ser?

    No aguardo.

    Curtir

    1. Prezado Gabriel,

      Você deve ouvir uma segunda opinião, pois LIO multifocal em jovem com laser por “opacificação capsular” e visão pouco nítida tem duas hipóteses: 1) tem que colocar algum grau e utilizar óculos ou fazer cirurgia refrativa; 2) existe um problema, o edema de retina, que também pode causar esta queixa.

      Fale com um expert para ficar mais tranquilo com seu médico.

      Sorte!

      Atenciosamente,
      Dr. Virgilio Centurion

      Curtir

  17. Neife disse:

    Boa tarde. Fiz cirurgia de cataratas ha quatro dias. Notei que não estou conseguindo ler com o olho operado. Foi implantado uma lente monofocal Acrysof. Meu medico não indicou lente multifocal. Não estou satisfeito com o resultado. Posso colocar lente multifocal no outro olho? E essa lente Acrisof que coloquei e boa? A visão pode melhorar ainda ou nesses quatro dias já atingiu o maximo?

    Curtir

    1. Neife,

      Como você já notou, a LIO AcrySof é ótima e como toda monofocal, dá excelente visão para longe necessitando uso de óculos para perto. Caso seus exames permitam, pode colocar multifocal no outro olho, o que irá dar “independência social” ou seja, não deverá usar óculos socialmente, porém se for utilizar o computador ou leitura prolongada será necessário um óculos para compensar a diferença de refração para perto do olho com monofocal.

      Atenciosamente,
      Dr. Virgilio Centurion

      Curtir

  18. Analu Santos disse:

    Boa tarde Doutor!
    Fiz uma cirurgia de catarata no olho esquerdo faz 3 meses, o meu olho direito tem pouca visão, já que descolei retina em 1999.
    O problema é que a lente implantada foi uma t´rica, que corrigiu a minha miopia de 21 graus, mas deixou na sombra na visão que me impede de ver o rosto das pessoas e o meu também, Tenho uma membrana colada na lente proveniente do córtex do cristalino,
    Terei que substituir a lente ou algum procedimento menos invasivo pode ser feito.?
    i

    Curtir

    1. Prezada Analu,

      Pelo que entendi você é portadora de 1º) alta miopia em ambos os olhos; 2º) olho direito com visão baixa por descolamento da retina. Pergunto: tem catarata? Foi operada do descolamento da retina?; 3º) O olho esquerdo operado de catarata e com “membrana” colada na lente. Duas opções: ou você tem uma opacificação da cápsula posterior e pode ser tratada com aplicação de Nd-Yag laser ou você tem restos corticais, o que se resolve com outra forma de cirurgia.

      Ouça uma segunda opinião, urgente, pois você é portadora de olho único e não pode demorar para tentar resolver este problema.

      Sorte!

      Atenciosamente,
      Dr. Virgilio Centurion

      Curtir

  19. Elena disse:

    Prezado Dr. Virgílio, boa noite! Tenho 48 anos, ambliopia no olho esquerdo, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia nos dois olhos. Já passei por 2 cirurgias Lasik em 1999 e em 2010, mas o grau voltou e então uso um óculos para perto e outro para longe, não consegui me adaptar a um óculos só e estou decidida a me livrar deles. Já passei com 3 especialistas e os 3 disseram que a minha melhor opção seria implantar lente. Como não enxergo bem de um olho por causa da ambliopia, tenho medo de errar na escolha do tipo de lente, pois cada um me disse uma coisa diferente e minha cabeça está totalmente desorganizada. Um me disse que implantaria um lente multifocal, outro disse que nunca poria uma multifocal e sim monofocal, já o outro me indicou trifocal da Alcon. O sr. imagine como estou confusa. Tenho lido bastante a esse respeito e me parece que as lentes trifocais são excepcionais, mas dai cheguei em uma matéria que diz que há certa dificuldade para dirigir a noite e que na baixa iluminação, há visão de halos e glares. Li ainda que as pessoas conseguem enxergar os anéis das lentes. Nossa, seria isso verdade? Sei que essas lentes são bem caras e tenho medo de arcar com um custo desses e depois ter problemas de adaptação como tive com os óculos. Gostaria de ser uma pessoa feliz sem eles, pois minha vida está estagnada, óculos definitivamente não combinam comigo, me atrapalham, fico confusa com dois, trocando a cada olhada para o lado, e isso me deixa totalmente deprimida, por isso estou com muito medo de errar na escolha das lentes. Se eu tivesse os dois olhos bons eu não me preocuparia tanto, mas como só um funciona bem se não der certo estarei perdida. Os médicos que passei não me explicaram com clareza como é que cada opção de lente se comporta depois de implantada. O sr. poderia me dizer alguma coisa a esse respeito, por favor? O sr. seria a melhor pessoa a me orientar, pois já li muito a seu respeito e sei que passa por muitos congressos e se especializa a cada dia. Muito Obrigada e desculpe por tantas linhas.

    Curtir

    1. Prezada Elena,

      1º) Com 48 anos, o seu cristalino não deve estar mais acomodando para visão de perto devido a você ser hipermetrope. Portanto, poderia estar indicada a cirurgia de troca de cristalino.

      2º) Você operou pela técnica de lasik em duas ocasiões, o que pode deixar alguma alteração na superfície da córnea, que pode ser avaliada com tomografia da córnea. Hoje você tem hipermetropia, astigmatismo, presbiopia e submetida a lasik em “olho único” funcional. Quem escolhe a melhor lente para seu caso é o cirurgião responsável, você não escolhe nada, pois você não é especialista na matéria. Você decide se quer operar ou não, o resto é com o cirurgião. Esta forma de raciocínio é para auxiliá-la.

      Da maneira como você apresenta a parte médica do seu caso, dentre as três opções que foram discutidas:

      1º) A lente trifocal Alcon é ótima, só que não existe hoje (2017) no mercado brasileiro, modelo que corrija astigmatismo. Então “não serve”.

      2º) As multifocais tóricas podem auxiliar a correção do grau total ou próximo do total. O problema são as duas cirurgias de lasik que podem não oferecer a visão perfeita que você quer ter e os seus médicos gostariam de oferecer. Muita atenção que esta “visão não perfeita” pode estar acompanhada de olho seco que é frequente pós cirurgia de lasik.

      3º) Os melhores resultados se conseguem com lentes multi ou trifocais nos dois olhos com visão normal.
      Os efeitos colaterais das multifocais são muito raros, porém mais frequentes em operados de lasik.

      4º) Com a lente monofocal, por melhor que seja, você vai continuar com a presbiopia.

      O bom senso manda ouvir opinião de expert neste campo. Pelas informações apresentadas e pela jovem idade, eu aguardaria mais um pouco para operar.

      Atenciosamente,
      Dr. Virgilio Centurion

      Curtir

  20. michelle disse:

    Boa tarde minha mãe realizou uma cirurgia de catarata, mas o médico falou para ela que retirou a catarata mas não implantou a lente intraocular,e vai ter que fazer outra cirurgia para implantar, isso pode ocasionar algum dano maior??

    Curtir

    1. Prezada Michelle,

      Se o cirurgião achou por bem não implantar a lente intraocular é porque a cirurgia apresentou alguma dificuldade; uma segunda cirurgia se faz necessária e geralmente corre com sucesso!

      Sorte!

      Atenciosamente,
      Dr. Virgilio Centurion

      Curtir

  21. Marisa disse:

    Olá Dr. tenho 60 anos, não tenho catarata, visão ótima para longe e 2,75 de presbiopia. Conversei com meu médico e estou fazendo exames para colocar lentes intra-oculares multifocais. Acha adequado eu me submeter a essa cirurgia? Eu quero ficar livre dos óculos, mas tenho receio de problemas. Obrigada

    Curtir

    1. Prezada Marisa,

      A correção da presbiopia após os 50 anos, associada ou não à correção de vicio de refração para longe, é conhecida como TCR – troca de cristalino com finalidade refrativa. Ou seja, é a cirurgia da catarata sem ter catarata e o principal objetivo é substituir o cristalino transparente que não mais acomoda a visão para perto, por um cristalino artificial que compensa esta função.

      Como todo procedimento cirúrgico, deve ser discutido com o cirurgião; os pros e contras, os benefícios e possíveis efeitos colaterais e na dúvida ouvir uma segunda opinião.

      Atenciosamente,
      Dr. Virgilio Centurion

      Curtir

  22. valdir menegassi disse:

    Boa tarde Dr. Virgílio
    Minha esposa pretende efetuar essa cirurgia para implante de lentes intraocular, ela tem idade de 52 anos, seu grau miopia e astigmatismo é próximo de 4 graus, não tem problemas com qualquer outra enfermidade, quer livrar-se dos óculos. Pergunto é recomendável esse procedimento?

    Curtir

    1. Prezado Valdir,

      A moderna cirurgia da catarata tem como objetivos:
      1. Eliminar a catarata.
      2. Corrigir os vícios de refração como miopia, astigmatismo, hipermetropia e vista cansada (presbiopia).

      Com o diagnóstico de catarata e sendo portadora de miopia e astigmatismo deve discutir com o cirurgião as opções de tratamento.

      Sucesso!!

      Atenciosamente,
      Dr. Virgilio Centurion

      Curtir

  23. Consultei 3 oftalmologistas com indicação para cirurgia de catarata, acontece que as informações são contraditórias, o 1º indicou usar lentes multifocais tóricas, o 2º lentes multifocais com cirurgia a laser e o 3º apenas lentes monofocais, pois segundo ele as multifocais dão muitos problemas. O que o doutor me orienta, pois não tenho doenças graves e uso óculos desde os 18 anos de idade e atualmente estou com 66 anos. Atualmente a cirurgia a laser é tão eficiente em relação a normal que compensa pagar valores tão expressivos e as lente monofocais são mais fáceis de adaptação que as multifocais?

    Curtir

    1. Prezado José,

      A indicação do modelo da lente em cirurgia de catarata depende das condições oftalmológicas e do desejo do paciente, associado à competência do cirurgião.

      Se você é portador de hipermetropia ou miopia com astigmatismo e vista cansada (presbiopia) na minha experiência a melhor opção é utilizar o laser e colocar uma lente multifocal tórica.

      O conceito da monofocal é que o resultado da refração (grau dos óculos) deixa a desejar por não corrigir astigmatismo nem visão de perto.

      Atenciosamente,
      Dr. Virgilio Centurion

      Curtir

  24. marisa maciel disse:

    Boa tarde ,
    obrigado pela sua resposta Dr Virgilio, já fui consultar o meu médico ele mandou me repetir o exame porque acha que este não deve estar certo, mas em todo o caso falou me se os valores se confirmarem abaixo dos 1000mm terei que fazer a cirurgia e retirar as lentes e fazer outra cirurgia de substituição do cristalino ou até se for insuficiente a cornea terá que ser substituida por outra dum dador, fiquei apavorada com tudo isso, vou procurar outra opinião médica.
    Eu quando fui operada há 14 anos atrás não tinha cataratas tinha 11 diopetrias nos olhos e foi a solução mais adequada para reduzir a dificuldade da visão, sou hipermatrofica.
    obrigada
    Marisa

    Curtir

    1. Prezada Marisa,

      Ótima atitude ter uma segunda opinião com um “expert” em cirurgia de catarata e córnea.

      Vamos acompanhar.

      Sorte!

      Atenciosamente,
      Dr. Virgilio Centurion

      Curtir

  25. Trinidad N. Pas disse:

    Dr.tenho 73 anos .Nunca precisei de óculos pra longe .Fiz uma cirurgia de catarata e foram colocadas lentes de 6 mm .A partir daí passei a ver melhor de perto no entanto vejo tudo embaralhado a partir de 3 mt de distância. Recomendaram- me óculos com -3 graus num olho e 2.5 graus no outro . Com ele vejo bem de longe mas não vejo de perto .O que aconteceu ?

    Curtir

    1. Prezada Trinidad,

      Todas as lentes têm 6 mm de diâmetro, é o tamanho da parte óptica da lente, não tem relação com o grau.

      O cálculo foi realizado para ficar míope em ambos os olhos e sem correção para perto.

      Se não estiver satisfeito com este modo de enxergar (óculos com grau para longe e “sem” grau para perto) pode discutir com o seu médico se pode eliminar a miopia de pelo menos um olho (esta técnica se conhece como monovisão) e que permite uma vida “social” sem óculos, podendo utilizar os óculos em situações em que é necessária visão mais nítida em ambos os olhos.

      Ouça uma segunda opinião.

      Atenciosamente,
      Dr. Virgilio Centurion

      Curtir

  26. marisa maciel disse:

    Boa tarde Dr. Virgilio
    Estou muito preocupada tenho lentes intra oculares já fiz cirurgia ha 14 anos , tive há cerca de 8 anos um descolamento da lente direita e foi me reposicionada pelo meu médico , não me deu problemas até agora, mas fui fazer um exame aos olhos um Endothelial cells e os resultados são bastante abaixo do normal para o olho direito deu (CD) 530 mm e para o esquerdo 963 mm foi me dito pela médica que me fez que estou com valores abiaxo e que devo ter que tirar as lentes, estou a aguardar consulta do meu médico e estou muito nervosa com isso será que vou ter que retirar as lentes e voltar aos oculos? e é perigoso retirar?
    Obrigado
    Marisa

    Curtir

    1. Prezada Marisa,

      A contagem celular em ambos os olhos está baixa, mais acentuada no olho direito que foi operado duas vezes.

      1º) É necessário analisar o tamanho e forma das células e fazê-lo de maneira topográfica, associado com a medida da espessura da córnea (paquimetria).

      2º) Se o cirurgião que acompanha disser que a cirurgia da catarata e a localização das lentes estão adequadas é só fazer controle semestral.

      3º) A retirada das lentes somente com as informações que temos em mãos não é a conduta mais indicada. Como o olho esquerdo também tem redução do número de células, o problema não deve ser devido as lentes e sim relacionado as células endoteliais em si.

      Você pode ouvir a opinião de um expert em catarata e de outro em córnea.

      Cordialmente,
      Dr. Virgilio Centurion

      Curtir

  27. Denise Resende disse:

    completando doutor hoje faz 50 dias de cirurgia

    Curtir

  28. Denise Resende disse:

    Ola
    Doutor minha mae tem 54 anos e fez a cirurgia de catarata onde colocou as lente multifocais varilux, onde o medico optou em um olho uma lente para perto e em outro olho uma lente para longe. so que ela nao está enxergando nada somente vultos, ja se passou o periodo de recuperacao e a cada dia enxerga menos. procuramos o medico e esta para um congresso, o que pode ter havido?
    corre o risco de ficar cega? pode ser removido as lentes?
    FIco no aguardo.
    Grata

    Curtir

    1. 1- Denise: acho que algumas informações não estão corretas:
      1º) Não existe lente multifocal Varilux para implante intraocular.
      2º) Se o médico optou por implantar uma lente para visão de perto e outra para visão de longe, as lentes não devem ser multifocais. Existe a possibilidade de implantar uma lente de visão “estendida”, que é multifocal onde certos médicos utilizam o critério de um olho ser mais para longe e outro mais para perto.
      3º) Se após 50 dias a paciente está enxergando somente vultos, é necessário um esclarecimento com o cirurgião.

      Cordialmente,
      Virgílio Centurion

      Curtir

  29. Roberto disse:

    Bom dia, Sou o Roberto e tenho 41 anos.
    Tenho catarata e estou com minha visão muito comprometida.
    Estava prestes a realizar uma cirurgia e colocar as lentes multifocais, chamadas pelo meu medico de lente Acomodativa.
    Fui ao Hospital BOS, em Sorocaba, para ter mais uma opinião sobre minha cirurgia e verificar o preço das lentes também, pois as mesmas são muito caras.
    Fui surpreendido pelo diagnóstico do médico que não recomendou as lentes multifocais, alegando que eu era muito jovem e que para este tipo de lente, o perfil do paciente deveria ser de uma pessoa menos ativa.
    O médico informou os efeitos dessas lentes, que as mesmas não garantem a exclusão do uso de óculos, elas podem dar alguns fleches de luz e no meu caso em específico, por ter algumas nuvens no liquido do meu olho, isto iria ressaltar ainda mais estas nuvens.
    Gostaria de saber se estas lentes multifocais podem não atender minhas expectativas quanto à não precisar usar óculos e se realmente existe o risco de ter fleches de luz.

    Obrigado e no aguardo,

    Curtir

    1. Roberto disse:

      Tenho 41 anos e tenho catarata e estou com minha visão muito comprometida.
      Estava prestes a realizar uma cirurgia e colocar as lentes multifocais, chamadas pelo meu medico de lente Acomodativa.
      Fui a um Hospital para ter mais uma opinião sobre minha cirurgia e verificar o preço das lentes também, pois as mesmas são muito caras.
      Fui surpreendido pelo diagnóstico do médico que não recomendou as lentes multifocais, alegando que eu era muito jovem para este tipo de lente, o perfil do paciente deveria ser de uma pessoa menos ativa.
      O médico informou os efeitos dessas lentes, que as mesmas não garantem a exclusão do uso de óculos, elas podem dar alguns fleches de luz e no meu caso em específico, por ter algumas nuvens no liquido do meu olho, isto iria ressaltar ainda mais estas nuvens.
      Gostaria de saber se estas lentes multifocais podem não atender minhas expectativas quanto à não precisar usar óculos e se realmente existe o risco de ter fleches de luz.

      Obrigado e no aguardo,

      Curtir

      1. Roberto: A catarata em pacientes com 41 anos, pode ser tratada com lente intraocular, monofocal (dando exclusivamente foco para longe necessitando óculos para perto) ou também multifocal ou talvez melhor as lentes trifocais, que oferecem possibilidade de visão normal a todas as distancias.
        Nenhum médico poderá garantir que não utilizará mais óculos após a cirurgia.
        Cordialmente,
        Virgílio Centurion

        Curtir

    2. Roberto: A catarata em pacientes com 41 anos, pode ser tratada com lente intraocular, monofocal (dando exclusivamente foco para longe necessitando óculos para perto) ou também multifocal ou talvez melhor as lentes trifocais, que oferecem possibilidade de visão normal a todas as distancias.
      Nenhum médico poderá garantir que não utilizará mais óculos após a cirurgia.
      Cordialmente,
      Virgílio Centurion

      Curtir

  30. Beatriz Queiroz disse:

    Boa tarde Dr Virgilio.
    Há cerca de 8 anos fiz uma cirurgia de catarata e coloquei lentes multifocais nos 2 olhos. Tudo deu muito certo e logo me adaptei.
    Hoje comecei a ver uma pequena sombra no olho direito, sombra essa que se move quando mexo o olho.
    É muito pequena, mas está incomodando. Pode ter alguma relação com a lente mesmo depois de tanto tempo?
    A lente é para sempre?

    Grata

    Curtir

    1. Estimada Beatriz,

      Pouco provável que seja a lente, a lente é para sempre. Talvez sejam “moscas volantes”, são pequenas manchas que podem aparecer no liquido do olho.

      Consulte seu oftalmologia!

      Cordialmente,
      Dr. Virgilio Centurion

      Curtir

  31. Horácio Alexandre Batista disse:

    Complementando, tenho 47 anos de idade. Horácio.

    Curtir

    1. Estimado Horácio,

      Acredito que com 47 anos a sua miopia, caso progrida, será ínfima.

      Não há escolha: se você tem catarata com ou sem miopia tem que operar e quanto mais precoce melhor.

      O procedimento é dos mais seguros na medicina.

      Não haverá necessidade de trocar a lente.

      Cordialmente,
      Dr. Virgilio Centurion

      Curtir

      1. Horácio disse:

        Obrigado pela atenção Dr. Virgilio.
        Gostaria de cumprimentá-lo pela iniciativa tão valorosa esclarecendo dúvidas dos internautas.
        A medicina e as ciências em geral necessitam de pessoas como o senhor. Compartilhar o conhecimento é, sem dúvida, uma forma de grandiosa de mitigar o sofrimento alheio, levando esperança a quantos necessitam!
        Parabéns!!!

        P.s. Se detectado um aumento de grau miopia/astigmatismo, depois de alguns anos de implante das LIO’s, é possível a troca? Há possibilidade de substituição dessas lentes?

        Um grande e fraterno abraço!
        Horácio.

        Curtir

      2. Horácio: Obrigado pelo incentivo! Sempre é possível a troca do implante, ou implante de uma segunda lente ou cirurgia refrativa na córnea.
        Se chegar o momento se discute.

        Cordialmente,
        Virgílio Centurion

        Curtir

  32. Juliana alves disse:

    Minha mãe fez uma cirurgia de implante secundário de lente no olho esquerdo, isso a uma semana, e até o momento ela não esta enchergando nada, ISso é normal?

    Curtir

    1. Estimada Juliana,

      – Implante secundário, dependendo do tipo, já e um caso difícil.

      – Necessitamos maiores informações para opinar.

      – Não é comum em 7 dias não ter visão.

      Peça uma explicação mais detalhada ao cirurgião e me envie.

      Cordialmente,
      Dr. Virgilio Centurion

      Curtir

  33. Daniel Oliveira disse:

    Boa tarde dtr. virgilio…
    É o seguinte meu pai é quase um caso raro de alta miopia aqui em portugal,após alguns anos de estudo com a dtr relativamente ao caso do meu pai decidiram avançar para a operação derivado a catarata já estar a ficar elevada.
    A operação correu bem foi removida a catarata e posta a lente interocular,apos 3 4 dias começou a aparecer um nevoeiro no olho,nevoeiro esse que afecta a visiblidade de meu pai. Ele diz que se nao fosse esse nevoeiro que a visao lhe parece melhor do que estava anteriormente quando usava óculos mas ja vai 4 semana e o nevoeiro tende em nao desaparecer e a dtr nao encontra explicacao….meu pai está um pouco desesperado pois depende apenas dessa vista,o que poderá ser??

    Curtir

    1. Estimado Daniel,

      Os olhos altos míopes têm propensão a apresentar alterações na retina como descolamento, maculopatia.

      Porém, se o cirurgião confirma que não há problema com a cirurgia, tem que ouvir a opinião de um oftalmologista especialista em retina. Tem uma inflamação da retina (edema macular cistóide) que deve ser considerada.

      Sorte!

      Cordialmente,
      Dr. Virgilio Centurion

      Curtir

  34. jose Cleomar de Sousa disse:

    Dr Virgilio Centurion
    Submeti a uma cirurgia de catarata há 30 dias com lente multifocal, no dia seguinte já estava vendo bem para perto mas até hoje tenho dificuldade para ver para longe, a luz fica fragmentadas, tenho dificuldade de dirigir a noite

    Curtir

    1. Estimado José Cleomar de Sousa,

      Desculpe-me pelo atraso, estava participando de um congresso de oftalmologia fora do país.

      A sua queixa em relação à visão baixa para longe que piora à noite e tem dificuldade com muita iluminação deve ser discutida com o cirurgião.

      Pode ser que tenha “sobrado” um pouco de grau (residual) que pode ser corrigido com uso de óculos para situações especiais ou pode ser um problema de opacificação capsular que trata-se com yag laser.

      Estas são as causa mais frequentes deste tipo de queixa que podem ser facilmente corrigidas pelo seu médico.

      Atenciosamente,
      Dr. Virgilio Centurion

      Curtir

  35. CARLOS TAPIGLIANI disse:

    Boa noite,

    A minha sogra que tem diabetes, submeteu-se a uma cirurgia de catarata e ao que consta a lente intraocular foi implantada de forma incorreta (posicao invertida). Apos varias consultas e um longo periodo de uso de colirios etc,iniciou-se um processo doloroso e reducao de visao.
    Na ultima consulta a profissional que a atendeu marcou uma cirurgia para transplante de cornea. Pergunto – UM ERRO DE PROCEDIMENTO CIRURGICO PODE TER CAUSADO O DANO NA CORNEA. E ELA PODE PERDER TODA A VISAO. A ABERTURA DE UM PROCESSO PARA APURACAO DE RESPONSABILIDADES E INDENIZACAO POR DANOS SERIA POSSIVEL E OU RECOMENDAVEL. Qual seria o procedimento correto.
    PS . O caso nao ocorreu no Brasil (Ilha do Caribe).
    Agradeco sua resposta.

    Curtir

    1. Sr. Carlos Tapigliani,

      O procedimento para fins legais seria ter uma segunda e terceira opinião de especialista em catarata e a seguir o procedimento legal.

      Sempre é bom anexar os exames oftalmológicos complementares pré-operatório para confirmar que nada tinha de anormal no pré-operatório.

      Cordialmente,
      Virgilio Centurion

      Curtir

  36. Nicanor Piva Fioravanti disse:

    Bom dia Dr., meu plano de saúde reluta em acatar lente multifocal, alegando achatamento da córnea por cirurgia antiga de miopia. Porém, antes outro profissional do mesmo plano havia concordado, cobrando diferença pelo custo da lente. Esta dúvida é motivo para contraindicar?
    Os outros exames foram todos normais. Sei das limitações, percentuais de correções, etc, mas não quero forçar a barra fazendo um implante que pode ser perigoso.

    Curtir

    1. Sr. Nicanor Piva Fioravanti,

      São dois motivos diferentes a considerar: o motivo médico e o motivo socioeconômico.

      O motivo médico: se a cirurgia anterior foi a ceratotomia (com bisturi) eu contraindico o implante de lente multifocal, pois a qualidade da visão é muito comprometida. Se a cirurgia foi com laser (lasik ou PRK), dependendo dos exames poderá ser realizada.

      Todas as cirurgias na córnea devem ser muito bem estudadas antes de indicar o implante de lente intraocular multifocal, que é um grande avanço, porém tem as suas indicações e contraindicações.

      O motivo socioeconômico: de acordo com o protocolo de catarata da AMB, todo cidadão brasileiro tem direito a uma lente intraocular básica, que permita corrigir um vício de refração esférico (miopia e/ou hipermetropia), porém não tem capacidade de correção de astigmatismo nem da visão de perto, daí, ao escolher este tipo de implante o paciente deve arcar com as despesas correspondentes o que varia de convênio a convênio.

      Cordialmente,
      Virgilio Centurion

      Curtir

  37. Maria Helena Bernardo Albino da Silva disse:

    Fiz uma cirurgia com implante de LIO multifocal há mais de um mês e não consigo ainda, enxergar de perto com o olho operado r, vejo muitos pontos pretos voando. O que pode ter acontecido?

    Curtir

    1. Sra. Maria Helena Bernardo Albino da Silva,

      Não fique na dúvida, procure uma segunda opinião.

      Os “pontos pretos” não devem ser da lente e sim do vítreo (líquido do olho atrás do cristalino) e que com o tempo desaparecem.

      Em relação à visão de perto com lentes multifocais funciona melhor quando operamos os dois olhos, de preferência com poucos dias de diferença entre uma cirurgia e outra.

      Cordialmente,
      Virgilio Centurion

      Curtir

  38. iascara disse:

    Meu pai fez a cirurgia de catarata, no olho direito, e colocou uma lente multifocal cromada, ocorre que ja faz 1 ano e meio e ele não consegue se adaptar, não consegue enxergar bem pois a luz entra e irradia em todo olho, havendo um completo embasamento da visão.
    Procuramos vários médicos, e eles dizem que se substituir a lente, no momento da retirada, há um grande risco de cegar. Cada dia a visão dele piora.
    Gostaria de saber se pode ser retirada essa lente sem haver risco de cegar.

    Curtir

    1. Sr. (Sra.) “Iascara”

      Por problemas no sistema, estamos respondendo hoje seu comentário datado em 03/08/16. Desculpe-nos pelo inconveniente.

      A lente multifocal quando bem indicada com todos os exames pré-operatórios não contraindicando o implante e sendo o paciente orientado e educado em relação aos possíveis efeitos colaterais, dificilmente dá “problemas de adaptação”.

      Tecnicamente deve ser avaliado se:

      1º) tem algum grau que necessite ser corrigido?

      2º) tem uma condição chamada opacificação capsular?

      3º) se tem problema de lubrificação.

      Somente após eliminar todas estas possibilidades e não ter problemas na pupila se deve pensar em retirar a LIO multifocal e mudar para uma monofocal.

      Finalmente, na troca da lente, não há perigo de cegar (a expressão utilizada) é uma cirurgia que tem características particulares e que pode ser realizada por cirurgiões experientes.

      É importante ter uma segunda opinião de um cirurgião experiente.

      Cordialmente,
      Virgilio Centurion

      Curtir

  39. quais os risco de remover uma lente cirúrgica ?

    Curtir

    1. Sr. Leandro Ferreira,

      Por problemas no sistema, estamos respondendo hoje seu comentário datado em 14/07/16. Desculpe-nos pelo inconveniente.

      A pergunta é muito simples para uma resposta tão complexa. Devemos ter mais informações para saber sobre o seu caso.

      Cordialmente,
      Virgilio Centurion

      Curtir

  40. SUELI MOREIRA disse:

    FIZ CIRURGIA TEM UM MES VIA MARAVILHOSAMENTE BEM;NOS 8 PRIMEIROS DIAS AGORA CAIU TIPO VER MENOS QUE COM MEU ÒCULOS QUE TAMBEM ERA MULTIIFOCAL

    Curtir

    1. Sueli,
      Se a lente que foi implantada não dá a visão esperada, tem que conversar com o seu oftalmologista, pois pode ter algum grau que deva ser corrigido.
      Cordialmente,
      Virgilio Centurion

      Curtir

Registre suas dúvidas ou comentários...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s