Quais as complicações da cirurgia de catarata? – parte 01

As complicações da moderna cirurgia de catarata são poucas. A cirurgia de catarata é um dos procedimentos cirúrgicos mais frequentes, seguros e realizados no mundo todo. De acordo com a Sociedade Americana de Catarata e Cirurgia Refrativa (ASCRS), 3 milhões de americanos são submetidos à cirurgia de catarata por ano, com uma taxa de sucesso global de 98% ou mais. Além disso, um estudo recente com mais de 200.000 beneficiários do Medicare (sistema de saúde americano) que foram submetidos à cirurgia de catarata, entre 1994 e 2006, revelou que 99,5% dos pacientes não tiveram complicações operatórias graves e o risco de complicações graves diminuiu com os avanços em ferramentas e técnicas cirúrgicas.

No entanto, no Brasil, as últimas notícias sobre um mutirão de catarata mal sucedido, no estado de São Paulo, assustaram a população. Ao longo dos anos, a cirurgia de catarata foi um dos procedimentos médicos que mais evoluiu no mundo. Prova disso é que há algumas décadas a cirurgia era realizada sob anestesia geral e o paciente permanecia internado por cerca de cinco dias. Com muita sorte, após o procedimento, ele ainda usaria os famosos óculos ‘fundo de garrafa’. Durante muito tempo, nós, oftalmologistas modernos, desfrutamos da fusão de todas as tecnologias e de todo o conhecimento acumulado por diversas culturas e passamos a dominar a técnica do que denominávamos ‘moderna cirurgia de catarata’. Em 2013, tudo o que estava consolidado no campo do conhecimento da cirurgia de catarata mudou, exigindo muito mais habilidade e conhecimento científico do cirurgião e mais atenção do paciente na escolha do método a ser usado.

Refiro-me à introdução da tecnologia femtosegundo no Brasil, cujo refinamento cirúrgico é a obtenção de um equivalente esférico refracional pós-operatório de + 0,50 dioptrias e um índice de satisfação subjetivo acima dos 95% dos pacientes operados de catarata e/ou cirurgia refrativa intraocular.

O femtosegundo se propõe a melhorar o índice de satisfação dos pacientes por meio de aumento da previsibilidade refracional e melhoria da técnica da cirurgia de catarata, buscando maior segurança com índice mínimo de efeitos colaterais. Porém, devemos considerar que é uma tecnologia em evolução inicial, diferentemente da facoemulsificação. Será preciso adotar o femtosegundo ainda na residência médica? Será melhor adotar a tecnologia após adquirir alguns anos de experiência? Em todas as situações, minha recomendação é adotar, aprender, sair da zona de conforto, ou em breve, o próprio profissional pode estar fora do mercado.

 

2 comentários Adicione o seu

  1. ALDA DORETTO disse:

    Dr. Virgilio preciso da sua ajuda. Meu pai fez uma cirurgia de cataratas no sábado, em ambiente hospitalar etc, pois ele tem 80 anos. Na segunda-feira voltamos ao oftalmo para a consulta e ele nos disse que o olho estava mais inchado do que deveria. Além do colirio Vigadexa de tres em tres horas, ele prescreveu o colirio Dimetilpoliloxane de 6 em 6h e tb prednisolona de 20mg (tres comprimidos de uma unica vez ao dia). Ocorre que hj já é quarta feira e meu pai está vendo apenas vultos ainda. Aparentemente o olho desinchou e não está mais tão vermelho. Isso é normal? Minha consulta de retorno é apenas na próxima segunda feira. Estou desesperada. Embora ele só tenha tomado o remédio por tres dias, eu acho que a visão já deveria ter melhorado. Por fv me ajude, preciso de uma opinião de um especialista como o Sr. Muito obrigada.

    Curtir

    1. Alda,

      Eu posso supor que o olho operado de seu pai está com a “córnea” inflamada, o que pode acontecer em cirurgia de rotina em pessoas idosas. A recuperação da visão é muito mais lenta, porém, frequentemente é total. Caso tenha dúvidas, busque uma segunda opinião para ficar menos preocupada.

      Sorte!

      Cordialmente,
      Virgilio Centurion

      Curtir

Registre suas dúvidas ou comentários...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s